31/05/12

Deixados para trás


 Noção comum entre os dispensacionalistas (especificamente os pretribulacionistas ou miditribulacionstas) é de que, com a “vinda secreta” de Jesus, seriam arrebatados os servos de Cristo, e os demais seriam “deixados para trás”. Fato é que a Bíblia não diz isso em lugar nenhum, nem deixa margem para essa ideia. É curioso como temos a necessidade de dizer a protestantes que “a Bíblia não diz” tal coisa.

Entretanto, isso não significa que não haja nenhum texto usados pelos dispensacionalistas na defesa de sua crença.

“Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro;”
(Mateus 24:40)

O texto acima citado, se lido e analisado isoladamente, pode ser interpretado exatamente da forma que querem os dispensacionalistas. Mas, lido em seu contexto, é isso que diz o texto bíblico?

37 E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem.
38 Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca,
39 E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem.
40 Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro;
41 Estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada outra.
(Mateus 24:37-41)

Na realidade, o texto, lido em seu devido contexto, diz exatamente o contrário do que querem os dispensacionalistas. No texto, os “levados” não são os salvos; são os condenados! Porque o dilúvio levou “a todos”, isto é, àqueles que haviam sido condenados pelo pecado.

Isso condiz perfeitamente com aquilo que é dito na Parábola do Joio (Mateus 13:24-30) e em sua interpretação (Mateus 13:36-42): primeiro é colhido o joio e jogado fora; depois o trigo é recolhido no celeiro.


G. Montenegro

3 comentários:

  1. Fiquei surpreendido por não ter enxergado isso antes. E o pior, não é nem tão complexo.

    att,

    Giorne

    ResponderExcluir
  2. Meus amados, não se deixem enganar:

    "Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.
    Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor."

    1 Tessalonicenses 4.16 e 17

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 3 Sempre devemos, irmãos, dar graças a Deus por vós, como é justo, porque a vossa fé cresce muitíssimo e o amor de cada um de vós aumenta de uns para com os outros,
      4 De maneira que nós mesmos nos gloriamos de vós nas igrejas de Deus por causa da vossa paciência e fé, e em todas as vossas perseguições e aflições que suportais;
      5 Prova clara do justo juízo de Deus, para que sejais havidos por dignos do reino de Deus, pelo qual também padeceis;
      6 Se de fato é justo diante de Deus que dê em paga tribulação aos que vos atribulam,
      7 E a vós, que sois atribulados, descanso conosco, quando se manifestar o Senhor Jesus desde o céu com os anjos do seu poder,
      8 Como labareda de fogo, tomando vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo;
      9 Os quais, por castigo, padecerão eterna perdição, ante a face do Senhor e a glória do seu poder,
      10 Quando vier para ser glorificado nos seus santos, e para se fazer admirável naquele dia em todos os que crêem (porquanto o nosso testemunho foi crido entre vós).
      (2 Tessalonicenses 1:3-10)

      Excluir