21/01/12

Sobre a Ira


Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira.”
(Efésios 4:26)

Já várias vezes vi usarem esse texto para justificar o irar-se. Falta apenas continuar a leitura do capítulo:

Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós,”
(Efésios 4:31)

Igualmente Gálatas 5:19-21; Colossenses 3:8.



G. Montenegro

4 comentários:

  1. Bom dia Gyordano, mas nesse caso de Efésios pode-se dizer que há uma contradição? Poderia explicar de forma mais simples, "Irai-vos..." e o que seria essas "palavras torpes..." de Colossenses. Por favor

    ResponderExcluir
  2. Não, não é uma contradição. O significado do versículo 26 não é o de que é permitido irar-se, mas sim que não se deve ceder à ira para pecar. Ou seja: irar-se é mau, mas irar-se e pecar é pior.


    "Palavras torpes" são discursos, diálogos, conversas que promovem a torpeza, que não promovem a edificação.

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado pelos esclarecimentos.

    ResponderExcluir
  4. Olá Gyordano. Muito bom seus textos. Seu raciocínio e sua lógica nos textos são exemplares. Gostei muito. Parabéns. Deus continue a te acrescentar sabedoria. Vou add vc no meu blogroll. Entra no meu blog e me segue: www.coisas-de-nana.blogspot.com
    Abraços e a paz do Senhor,
    Najana

    ResponderExcluir