04/02/11

Em resposta

Segue resposta às dúvidas apresentadas nos comentários do tópico "Crítica ao Pré-tribulacionismo".
Diversas perguntas apresentadas são mal colocadas porque o meu interlocutor parece pensar que eu seja algum tipo de pós-tribulacionista, o que não é verdade. Não sou futurista.
Em segundo lugar, em momento algum me comprometi ou me compremeterei em interpretar a Bíblia literalmente. Mas mesmo que a Bíblia seja interpretada literalmente, ainda assim o pré-tribulacionismo está errado. Dependendo do nível de literalidade com que se interpreta a Bíblia, uma ou outra escola escatológica pode ser coerente, mas não o pré-tribulacionismo. Seja interpretando a Bíblia literalmente, seja figurativamente, o pré-tribulacionismo é falso, e é muito fácil provar isso. Não há como defende-lo pela totalidade das Escrituras senão forçando a interpretação de alguns textos e fugindo de outros.
As questões são apresentadas em negrito.


Porque a Igreja está no céu nas Bodas do Cordeiro em Apocalipse 19:1-10 ?
As Bodas do Cordeiro acontecem no céu antes da descrição da Vinda de Jesus em um cavalo branco
Como ela chegou lá em cima para as Bodas?

Nenhum lugar do texto de Apocalipse 19:1-10 descreve a Igreja no céu. Tal expressão, "Igreja", não aparece em lugar algum do texto. No texto de Apocalipse, a "esposa" não é a Igreja; é a Jerusalém Celestial (Apocalipse 21:2,9,10).
Em segundo lugar, o texto é muito claro em mostrar que a vinda das Bodas do Cordeiro se dá DEPOIS (v. 7) da condenação da prostituta (v. 2). Aquilo que acontece em Apocalipse 19:1-10 não são as Bodas do Cordeiro; são o ANÚNCIO das Bodas do Cordeiro.
Em terceiro lugar, em Apocalipse 19 a ressurreição da mortos da Igreja ainda não ocorreu (pode procurar em todo o livro do Apocalipse). Só ocorre no capítulo 20.
---
Se a Igreja está na Terra sofrendo, porque Jesus disse em Apocalipse 3:10: "Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei DA hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra."
Porque João não disse: NA hora da tentação e sim DA hora da tentação ? A preposição é EK (DA) e não EN (NA).
Em nenhum lugar do texto é dito que os crentes da Igreja de Filadélfia seriam “arrebatados” até o Paraíso e esperariam lá. Tudo o que o texto diz é que os crentes da Igreja de Filadélfia seriam guardados da tentação que viria sobre todo o mundo. Nada mais. Dizer além disso é pura ficção.
O emprego da proposição evidencia unicamente que os crentes da Igreja de Filadélfia seriam livrados da própria tentação, e não durante ela. Simplesmente isso.
---
Porque em Apocalipse 4:1-2 João diz: DEPOIS destas coisas, olhei, e eis que estava uma porta aberta no céu; e a primeira voz, que como de trombeta ouvira falar comigo, disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer. E logo fui arrebatado em espírito, e eis que um trono estava posto no céu, e um assentado sobre o trono.
O versículo inicia com a afirmação "DEPOIS destas coisas", ou seja depois da Igreja e mostra o arrebatamento de João. (Leia Apocalipse 1:10)
Simplesmente não entendi qual é a relação desses textos com o arrebatamento em que o Sr. crê.
O livro do Apocalipse é uma sequência de visões de João. “Depois destas coisas” indica meramente a sucessão das coisas que o próprio João viu (cf. 4:1; 7:1,9; 15:5; 18:1; 19:1), não a sucessão dos acontecimentos.
---
Porque João ouviu uma voz como de trombeta ? (Compare com I Tessalonicenses 4:13-18)
Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.” (1 Coríntios 15:52)
O livro do Apocalipse fala 11 vezes de 'trombeta'. Duas vezes de vozes como de trombeta que João ouviu em Apocalipse 1:10; 4:1 e nove vezes fala-se nas Sete Trombetas em Apocalipse 8:7,8,10,12; 9:1,13,14; 10:7; 11:5. É extremamente arbitrário supor que a trombeta que anuncia a transformação dos vivos e ressurreição dos mortos em 1 Tessalonicenses 4:13-18 e 1 Coríntios 15:52 é meramente a VOZ semelhante a trombeta que João ouviu, e não as TROMBETAS VERDADEIRAS (isto é, a última delas, que traz o Reino, como é dito em Apocalipse 11:15).
O Sr. crê mesmo que a ressurreição dos crentes se dá ANTE A ÚLTIMA TROMBETA, como é dito em 1 Coríntios 15:52? Interpreta esse texto LITERALMENTE?
---
Porque os pós-tribulacionistas dizem que em Mateus 24:30-31 fala sobre o arrebatamento da Igreja se ela somente foi estabelecida em Atos 2, com a descida do Espírito Santo?
Eu nunca disse que Mateus 24:30,31 se refere ao “arrebatamento da Igreja”, por isso essa pergunta não me diz respeito.
---
Porque os pós-tribulacionistas comparam Mateus 24:30-31 com o arrebatamento da Igreja, que foi descrito por Paulo em I Tessalonicenses 4:13-18, sendo que em Mateus 24:30-31 fala apenas da reunião dos judeus e gentios convertidos para o milênio e não fala absolutamente nada de arrebatamento ?
Em primeiro lugar, porque a comparação entre esses textos de Mateus e 1 Tessalonicenses é ÓBVIA. Os dois textos utilizam as mesmas expressões (nuvens, trombeta, anjo, etc).
O texto de Mateus 24:29-31 textos não falam nada de “arrebatamento” porque “arrebatamento” não é um conceito bíblico. É uma descrição feita exclusivamente em 1 Tessalonicenses 4:13-18. Outros textos que descrevem a Primeira Ressurreição, como em 1 Coríntios 15:52 ou Apocalipse 20:4,5, também não falam nada sobre arrebatamento.
---
Porque em Mateus 24:31 fala de muitos anjos e em I Tessalonicenses 4:16 fala apenas de um arcanjo ?
Em primeiro lugar, 1 Tessalonicenses 4:16 não fala de um arcanjo. Fala do próprio Jesus, que desce COM VOZ de arcanjo. Trata-se da qualidade da voz, e não do ser que lá se encontra.
Em segundo lugar, porque não é necessário que nenhum desses textos faça descrição completa da cena. Como já evidenciado anteriormente, em 1 Coríntios 15:52 não se fala de anjo, mas também não se fala de arrebatamento. A pergunta é tola.
---
Porque a palavra "arrebatados" aparece nesse versículo ?
Porque na descrição de 1 Tessalonicenses 4:13-18 os crentes são levados até as nuvens a encontrar o Senhor, que desce dos céus.
O que o texto NÃO DIZ é que, depois disso, os crentes vão para o Céu.
---
Porque I Tessalonicenses 4 não fala nada sobre o milênio e a destruição do anticristo e do falso profeta?
Porque os conceitos de “milênio”, “destruição do anticristo e do falso profeta” aparecem EXCLUSIVAMENTE no livro de Apocalipse, e em nenhum outro lugar da Bíblia.
A única POSSÍVEL exceção é o anticristo, visto que 2 Tessalonicenses 1:8 descreve a destruição do iníquo com a vinda do Senhor.
---
Porque os pós-tribulacionistas dizem que a palavra arrebatamento não está na Bíblia ?
Porque não está. Não existe tal palavra na Bíblia. A expressão que aparece é “arrebatados”, e somente em um lugar da Bíblia.
Mas isso é uma questão tola. Não faz diferença se a palavra está ou não está na Bíblia, mas se a descrição da Bíblia se encaixa em tal palavra.
Se “arrebatamento” significa APENAS que os crentes encontram o Senhor nas nuvens, então é Bíblico (mesmo que a palavra não ocorra).
Mas se “arrebatamento” significa ser levado ao Céu para estar lá por 7 anos, com certeza não é bíblico.
---
Se o Espírito Santo é o único que pode se encaixar na expressão "o que o detém" em 2 Tessalonicenses 2:6-7 e a Igreja começou com a descida do Espírito Santo e em I Coríntios 6:19 diz:Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
Em relação a esses versículos porque a Igreja não será arrebatada quando Espírito Santo for tirado ?
Em lugar nenhum a Bíblia fala sobre o Espírito Santo ser tirado. Isso é puro mito. 2 Tessalonicenses 2:6,7 não fala coisa alguma sobre o Espírito Santo. É mera especulação.
---
Você pode me mostrar onde está a Igreja na terra do capítulo 6-18 ?
Pode me mostrar onde está a Igreja nos capítulos 19-22? No livro do Apocalipse, a palavra “igreja” ocorre única e exclusivamente nos capítulos 2 e 3, com referência a igrejas locais (e não a toda a Igreja de Deus), e em nenhum outro lugar.
Pode me mostrar onde está a Igreja no céu nos capítulos 6-18? Argumentar pelo silêncio é falácia. Em nenhum desses textos é mostrado que a Igreja sobe ao céu.
Querer encontrar a Igreja nesses capítulos é simplesmente não entender aquilo que o livro do Apocalipse descreve. Ele não descreve a terra. Descreve um conjunto de visões que João teve no céu.
---
Você pode me dizer se os mártires de Apocalipse 7 são a Igreja e não judeus ou gentios que se converteram ?
O Sr. precisa esclarecer sua pergunta. Se refere a qual mártir? Como respondido anteriormente, o texto de Apocalipse não fala da Igreja em lugar nenhum, senão de igrejas locais em Apocalipse 2 e 3. Não adianta querer interpretar um texto utilizando um conceito que ele mesmo não utiliza.
Também não entendi a distinção que o Sr. faz entre “Igreja” e “judeus ou gentios que se converteram”. Judeus e gentios que se convertem SÃO a Igreja. A distinção é frívola.
---
Porque a Grande Tribulação é chamada de dia de angústia para Jacó ?
Porque são dias de angústia para Jacó. Qual é o problema?
---
Você pode me mostrar no novo testamento: Nos evangelhos, nos atos dos apóstolos, nas cartas paulinas, nas cartas gerais e no Apocalipse instrução para a Igreja na Grande Tribulação ?
Sim. Por exemplo, Mateus 24:15-24; Marcos 13:11-23; Lucas 21:20-24, textos em que Jesus exorta aos apóstolos que fujam de Jerusalém.

Um comentário:

  1. Gyordano, Parabéns por todas as respostas.
    Também estou com tigo para defender qual é a visão bíblica arrespeito da volta de Jesus.
    Meu blog: http://arrebatamentopos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir